X
X

NEWSLETTER

Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados:

X
Nº de dias antes do ciclo menstrual % de amostras de mulheres grávidas que obtiveram resultados Positivos
1º Dia 98%
2º Dia 97%
3º Dia 88%
4º Dia 56%

Blog

Amamentação: 5 dicas essenciais

16/06/2018

O melhor alimento para seu bebê é sem dúvida o leite materno. O ideal é que o bebê possa se alimentar exclusivamente de seu leite pelos primeiros seis meses de vida e que esse alimento seja complemento da alimentação sólida do bebê, pelos dois primeiros anos da criança. 

Para que você possa se preparar e consiga lidar com todas as mudanças que acontecem no pós-parto deixamos aqui cinco dicas:



1)           Cuide do estresse e informe-se


 

Talvez a principal dica seja encontrar uma maneira de equilibrar o psicológico e cuidar com carinho de você e do que você está sentindo. Criar consciência da importância da amamentação e saber como ela funciona te dará mais segurança neste momento tão íntimo e exclusivo da mamãe com seu bebê. Conversar com outras mulheres que estão amamentando ajuda a não se sentir sozinha e pode te mostrar algumas situações adversas, e que foram superadas, assim você saberá o que fazer quando começar a amamentar.



2)           Se puder, conte com uma ajuda extra



As mamães de hoje são independentes e muitas trabalham até antes do dia do parto. Também tem se tornado cada vez mais comum encontrarmos mamães com profissões autônomas que acabam tendo que equilibrar o pós-parto com eventuais demandas do trabalho. Diante disso, é fundamental ter um bom plano! Com certeza, essa mãe ativa vai precisar de ajuda, afinal, um bebê demanda atenção 24 horas por dia, permanentemente.


A ajuda do pai é fundamental, mas se você estiver encontrando alguma dificuldade nas primeiras semanas após o parto, peça ajuda dos avós, tios da criança, ou mesmo de uma amiga próxima. Prepare uma tabela da semana e marque os horários em que essas pessoas se disponibilizaram para te ajudar.


Use este tempo para tomar banho, descansar, refletir, cuidar das outras coisas que precisam ser feitas, e que precisam da sua atenção. O conhecido ditado é verdade: “seu bebê só fica bem se você estiver bem”.



3)           Descanse quando puder



Além das atividades diárias que as mamães já têm, seja na casa ou no trabalho, o corpo se prepara para produzir o alimento mais importante do seu bebê, o leite materno. Habitualmente, o leite começa a aparecer no terceiro ao quinto dia após o parto. Antes disso, o líquido que sai da mama é chamado de colostro e fornece ao bebê muitos anticorpos. Nos primeiros meses, o ideal é que as mães consigam descansar para facilitar a saída do leite. A produção do leite materno demanda esforço e energia do organismo e por isso, se conseguir, descanse entre as amamentações.



4)           Cuide da alimentação e da hidratação


 

Opte sempre por uma alimentação equilibrada, saudável e rica em proteínas. Isso não mudará no pós-parto. Crie o hábito de fazer pequenos lanches entre as mamadas para que o seu corpo continue a ter energia para a produção do leite. Escolha lanches como vitaminas de frutas, iogurte e cereais. Algumas mamães podem perceber que ao comer um determinado alimento, seu bebê teve mais cólica ou que esse alimento alterou as fezes do seu bebê. Não ignore seus instintos, cada relação é diferente e cada reação do bebê é única também.


É muito comum que ao amamentar a mamãe sinta sede, pois a produção de leite depende de uma boa hidratação. Por isso, tenha sempre um copo de água ou uma garrafinha exclusiva para as horas da amamentação, você vai precisar! Lembre-se que, se preferir, também pode tomar suco e leite, o importante é manter-se hidratada.



5)           Organize sua rotina pós-parto



Se você tiver com quem contar, separe as atividades que essas pessoas possam fazer por você nos primeiros seis meses do seu bebê. Por exemplo, faça um planejamento para a alimentação, definindo um cardápio da semana. Além de facilitar as compras, ter uma rotina alimentar irá otimizar seu tempo.  


Alguns aplicativos para celulares podem ajudar a minimizar o tempo e o esforço de diversas tarefas como:


  •  pagar as contas fixas da casa pela internet;
  • fazer lista de supermercados e compartilhar com a pessoa que vai te ajudar nas compras mensais;
  • registrar o aleitamento, no qual você pode anotar o peito que o bebê mamou por último, a hora da mamada e quanto tempo o bebê demorou para mamar;
  • agenda da semana com suas atividades fixas: ginástica, consultas médicas, datas de vacinações, etc.


Se com todos esses cuidados você ainda encontrar dificuldade na amamentação ou seu leite não descer, procure ajuda de seu médico ou nutricionista.



Quer saber mais? Acompanhe os temas relacionados:


GRAVIDEZ SAUDÁVEL


CUIDADOS COM O BEBÊ NO VERÃO


NUTRIENTES PARA O PARTO


Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados: