X
X

NEWSLETTER

Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados:

X
Nº de dias antes do ciclo menstrual % de amostras de mulheres grávidas que obtiveram resultados Positivos
1º Dia 98%
2º Dia 97%
3º Dia 88%
4º Dia 56%

Blog

Hábitos que mantém a fertilidade masculina em alta

30/09/2016

Para os homens, os espermatozoides são, na maioria das vezes, um reflexo do estilo de vida que se leva. Sendo assim, podemos dizer que quanto mais saudável é o homem, maiores são suas chances de concepção com sua parceira. Por isso, adotar um estilo de vida saudável torna-se a principal medida para manter a fertilidade masculina em alta! A seguir, listamos algumas dicas para você adotar no seu dia-a-dia e potencializar sua fertilidade.

1. Mantenha uma alimentação equilibrada
Consumir alimentos nutritivos ajuda a manter seu sistema reprodutor em dia. Uma alimentação rica em todos os nutrientes necessários ao organismo ajuda a evitar uma série de doenças, inclusive as que podem prejudicar a qualidade do sêmen. Além disso, as vitaminas A, C, E e os nutrientes zinco, selênio, folato e ômega 3 estão relacionados à produção dos espermatozoides. Também, os antioxidantes presentes em frutas, verduras e legumes podem aumentar a qualidade do sêmen graças a sua proteção contra os radicais livres. Inclua em sua dieta alimentos como frutas silvestres, brócolis, couve, tomate, castanhas e aspargo.

2. Faça exercícios físicos
Tanto a obesidade quanto o sedentarismo colaboram para o desequilíbrio hormonal, o que prejudica a formação dos gametas. Manter uma rotina semanal de exercícios físicos fortalecem a fertilidade masculina e a saúde como um todo. Além disso, estudos apontam que a prática de exercícios em intensidade moderada aumenta a contagem de espermatozoides de homens em relação aqueles que não praticam nenhuma. Por tanto, são recomendados pelo menos 30 minutos de atividades 3 vezes por semana. Porém, fique atento ao andar de bicicleta, visto que esta atividade aumenta a temperatura da região genital. Neste caso, os estudos mostram que pedalar mais de uma hora e meia por semana causa a diminuição na contagem dos espermatozoides.

3. Fique dentro do seu peso ideal
A contagem e a qualidade do esperma podem ser afetadas quando se está abaixo ou acima do peso. Muita ou pouca gordura corporal tende a interferir nos hormônios reprodutivos. Por isso, manter seu peso ideal é essencial para sua saúde e o torna mais propenso a produzir espermatozoides saudáveis.

4. Não se estresse
O estresse é um grande responsável pelo desequilíbrio hormonal e deve ser evitado ao máximo. Além de interferir diretamente na atividade sexual do casal, ele pode afetar a produção de esperma. Algumas atividades físicas, de relaxamento ou hobbys podem ajudar a diminuir o estresse. Atividades sociais também podem ser uma boa maneira de espairecer – saia com amigos e familiares para se divertir e dar risadas com eles.

5. Durma bem
O sono é essencial para regular o organismo. A quantidade ideal de horas de sono varia para cada pessoa, porém a recomendação geral é de 8 horas diárias. Evitar atividades noturnas ajuda na hora de dormir, visto que é preciso preparar seu corpo para o momento de ir dormir. Desligar o celular durante a noite também evita interrupções no sono, ajudando a ter uma noite tranquila.

6. Não fume
Todos sabemos que o cigarro é extremamente maléfico para a saúde – e isso inclui a fertilidade do homem também. Fumar causa a diminuição da contagem dos espermatozoides, direta ou indiretamente. As substâncias tóxicas presentes no cigarro pioram a qualidade de vida e a saúde. Então, além de abandonar o cigarro, é necessário evitar locais onde existe concentração de fumaça. Se for necessário, procure ajuda médica para deixar este hábito.

7. Não exagere no álcool
O consumo regular de álcool impacta na produção do esperma. Quanto maiores quantidades, pior a qualidade do esperma. O recomendado é reduzir ao máximo a quantidade de ingestão de álcool a fim de melhorar a produção de espermatozoides. Caso você não tenha o hábito de beber, permaneça assim. Se você desconfia sofrer dependência desta substância, procure ajuda médica e veja quais melhores opções para parar de beber.

8. Se previna contra DSTs
As doenças sexualmente transmissíveis possuem um enorme impacto na fertilidade do homem. O uso de camisinha é o principal aliado na prevenção às DSTs. Além do mais, manter relações sexuais somente com uma parceira reduz muito as chances de contrair alguma dessas doenças. Para saber se você possui alguma das DSTs, é necessário realizar um exame de sangue. As DSTs detectadas devem ser tratadas imediatamente e pode ser necessário o uso de alguma medicação.

9. Evite o calor excessivo na região genital
Muitos estudos indicam que a temperatura elevada na região pélvica afeta a contagem de esperma. Evite, portanto, o uso de calças que esquentem muito no verão, o uso de notebook no colo, a temperatura de banho muito quente, tempo de permanência em saunas, entre outros. Mantenha a região ventilada e fresca sempre que puder.

10. Não se exponha a radiações ou substâncias prejudiciais
O contato com alguns elementos, tais como metal pesado, raios-x e pesticidas, podem causar a infertilidade masculina. Se você trabalha com algum desses, use regularmente roupas e máscaras de proteção.

11. Verifique sua medicação
Diversos remédios interferem na fertilidade masculina. Se você está tentando uma concepção com sua parceira, é recomendado que você discuta esta questão com seu médico. Em alguns casos, existem opções para seu tratamento que possuem um impacto menor na produção de esperma.

12. Faça um teste de fertilidade masculina se desconfia que é infértil
A infertilidade é caracterizada pela produção baixa de esperma. Quando este número é inferior a 15 milhões por mililitro de sêmen, considera-se que a contagem é baixa. Para saber se a contagem de seu esperma está acima deste número, você pode realizar um teste de fertilidade masculina e ter a resposta em alguns minutos. Fique atento a dificuldades de ereção, pouca libido e outras disfunções sexuais. Também, perceba se existe alguma dor, incômodo ou caroço ao redor dos testículos. Verifique se existe algum histórico de problemas sexuais ou de próstata em sua família. Este são indicativos que pode haver algum problema relacionado à infertilidade. Procure um médico no caso de verificar a baixa contagem de esperma pelo teste ou algum desses sintomas citados.


 

Quer saber mais? Acompanhe os temas relacionados: 

Fertilidade masculina: agora você mesmo pode testar!
7 dicas para aumentar a fertilidade feminina e masculina
5 causas da infertilidade masculina

ÚLTIMAS