X
X

NEWSLETTER

Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados:

X
Nº de dias antes do ciclo menstrual % de amostras de mulheres grávidas que obtiveram resultados Positivos
1º Dia 98%
2º Dia 97%
3º Dia 88%
4º Dia 56%

Blog

Entenda como funciona a relação sexual programada

25/05/2018

Em todo o mundo, muitos casais tentam engravidar naturalmente, porém não conseguem. Segundo dados da OMS, estima-se que cerca de 15% dos casais em idade reprodutiva sejam inférteis. Isso é mais comum do que se imagina. Porém, como o assunto ainda é um tabu, pouco se conversa sobre o assunto.

Felizmente, os avanços da medicina oferecem métodos para ajudar esses casais que desejam ser pais e encontram dificuldades. Alguns tratamentos muito comuns são a fertilização in vitro, a inseminação intrauterina e a relação sexual programada, sendo esse último uma das maneiras mais simples e baratas para se conseguir uma gravidez.

E para entender mais sobre a relação sexual programada e como ela pode ser bem sucedida, respondemos à algumas dúvidas comuns.Acompanhe.

O que é a relação sexual programada?
Também conhecida como coito programado, a relação sexual programada consiste na monitoração da ovulação e na relação sexual que acontece no período fértil, oque aumenta significantemente as chances de fecundação do óvulo. Se orientado por um médico, a ovulação pode ser estimulada por medicamentos, via oral ou injeção subcutânea.

Como esse método funciona?
A primeira coisa a ser feita é o monitoramento da fertilidade da mulher.Para isso, pode-se usar testes que identificam a ovulação com antecedência e detectam o dia fértil do casal. Depois isso,a relação sexual deve acontecer no momento certo, que são os 6 dias que circundam o dia da ovulação, também conhecidos como período fértil.
Algumas mulheres também podem ser medicadas com substâncias que atuam diretamente nos folículos ovarianos (estruturas que contém os óvulos). Após isso, o crescimento folicular é acompanhado através de uma ultrassonografia.Com isso, pode-se programar as relações sexuais no período em que existem maiores chances de sucesso.
Após 15 dias, pode-se fazer um teste de gravidez para verificar se a concepção ocorreu. Caso sim, o pré-natal deve começar imediatamente. Caso não, pode-se seguir tentando após a próxima menstruação.

Quem pode fazer esse tratamento?
A relação sexual programada é indicada para casais onde a mulher tenha problemas com a ovulação, mas que ambos exames, dela e do parceiro, estejam normais. Assim, é importante ter as tubas uterinas e espermograma normais. A idade materna também é decisiva para o sucesso desse tratamento. Também, é importante verificar o histórico da regularidade de ciclos menstruais da mulher.

A idade pode interferir no sucesso do método?
Sim. Isso acontece porque na relação sexual programada são utilizados os óvulos da mulher; dessa forma, sua idade interfere no sucesso do método devido a qualidade da reserva ovariana. Após os 35 anos de idade, as chances de gravidez reduzem devido ao envelhecimento dos óvulos. Caso esse método não seja eficiente, existem outras alternativas possíveis, como é o caso da fertilização in vitro.

Esse tratamento oferece algum risco para a mulher?
Se a ovulação não for induzida por medicamentos, não existe risco algum para o casal. As chances de engravidar aumentam da forma mais natural possível!
Nos casos em que ocorre a indução, pode acontecer a gestação múltipla. Como se estimula mais de um folículo, pode ocorrer uma gestação gemelar, o que pode levar a um parto prematuro, alguma restrição de crescimento fetal, diabetes gestacional ou pré-eclâmpsia. Por esse razão, a indução ovariana através de medicamentos só deve ocorrer sob orientação e acompanhamento médico.

Por esses motivos, a relação sexual programada é uma ótima opção para as mulheres que apresentam um ciclo menstrual irregular, como é ocaso das portadoras da Síndrome dos Ovários Policísticos. Também, se você está tentando engravidar e pensa em engravidar de uma forma mais assertiva, monitorar sua fertilidade pode ser a chave para uma concepção rápida. A identificação do dia da ovulação e a relação sexual programada é eficaz para 80% dos casais que utilizam o método.

E se você quiser saber mais como monitorar sua fertilidade,veja abaixo o vídeo do modo de uso do Confirme Fertilidade. Ele é um teste de ovulação que detecta com 24 a 48 horas de antecedência o seu dia fértil e, assim, aumenta significativamente suas chances de concepção.

 

Quer saber mais? Acompanhe os temas relacionados:

Como eu posso engravidar mais rápido?
O que fazer quando não se consegue engravidar?
Como e quando devo parar o anticoncepcional para engravidar?

Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados: