X
X

NEWSLETTER

Cadastre seus interesses e receba apenas os assuntos relacionados:

X
Nº de dias antes do ciclo menstrual % de amostras de mulheres grávidas que obtiveram resultados Positivos
1º Dia 98%
2º Dia 97%
3º Dia 88%
4º Dia 56%

Blog

Conheça a SOP: Síndrome dos Ovários Policísticos

28/10/2016

A Síndrome dos Ovários Policísticos, também conhecida pela sigla SOP, é uma doença caracterizada pela menstruação irregular, alta produção do hormônio masculino (testosterona) e presença de micro cistos nos ovários. Esta síndrome se apresenta em 1 a cada 15 mulheres em idade fértil, o que representa em torno de 5% a 10% da população feminina. Ela também é responsável por 85% das irregularidades no ciclo menstrual em jovens.

Em geral, as mulheres descobrem a síndrome entre 20 e 30 anos de idade, mas os primeiros sintomas aparecem logo nos primeiros ciclos menstruais ainda na adolescência. Pacientes que apresentam a doença normalmente têm antecedentes da mesma enfermidade em parentes próximos, como mãe e irmãs, o que configura uma pré-disposição genética.

Nem todas as mulheres que possuem ovários polísticos possuem a síndrome. A síndrome só é diagnosticada quando a paciente apresenta 2 ou 3 sintomas combinados, sendo a anovulação o principal deles. Ainda, os sintomas da SOP são o aumento do volume ovariano, a ausência ou irregularidade da menstruação, o aumento de peso, o aparecimento de acne, hirsutismo (crescimento de pelos no corpo) e queda de cabelo. Em casos mais graves, pode predispor o desenvolvimento de diabetes, doenças cardiovasculares, infertilidade e câncer do endométrio.

No entanto, muitas mulheres só descobrem que têm o problema quando tentam ter filhos e não conseguem. Quando a SOP é a única causa de infertilidade do casal, as chances de gravidez são excelentes após a correção do distúrbio ovulatório. De acordo com a Diretriz Brasileira sobre a SOP, dieta e exercícios físicos representam o tratamento de primeira linha, melhorando a resistência à insulina e o retorno dos ciclos ovulatórios, mesmo na ausência de perda de peso. Com o tratamento medicamentoso adequado, cerca de 50% a 80% das pacientes apresentam ovulação e 40% a 50% engravidam.

Dentre as opções de medicamentos, os anticoncepcionais têm sido muito utilizados e são seguros e eficazes. Por ser uma síndrome, com vários sintomas, o tratamento deve englobar diversos medicamentos, tais como hipoglicemiantesorais (nos casos de resistência à insulina), estimulantes da menstruação, medicamento para reverter o quadro de infertilidade, cosméticos contra acne e terapias para controle do estresse e da ansiedade.

Apesar de comum, a Síndrome dos Ovários Policísticos se manifesta de diversas formas nas mulheres. Sendo assim, seu tratamento deve ser individualizado, a fim de controlar os sintomas e prevenir outros problemas associados. Se você suspeita que possa ter SOP, procure seu endocrinologista.

 

 

Quer saber mais? Acompanhe os temas relacionados:

Por que a endometriose pode causar infertilidade?
Conheça os principais fatores da infertilidade feminina
Calculadora da ovulação: Funciona?

ÚLTIMAS